O Lago de Fogo Enciclopédia

Artigo principal: Milênio e Estado Eterno
 
O lago de fogo é a prisão eterna dos condenados. Quando Satanás caiu, o lago de fogo estava “preparado para o diabo e seus anjos” (Mateus 25:41). Nunca foi destinado a homens, embora, infelizmente, os primeiros ocupantes sejam homens. Vários nomes para este local são:
  • Fogo eterno (Mateus 25:41)
  • O lago de fogo (Rev. 20:14)
  • A Segunda Morte (Rev. 20:14)
  • Trevas  exteriorires (Mateus 8:12)
  • A negrura das trevas eternanemente (Judas 13)
É chamado “Gehenna” em grego, chamado “Tophet” em hebraico. Alguns perguntaram: como pode ser “escuro” se estiver cheio de “fogo” que produz luz? Devemos entender que estas são figuras de linguagem. O fogo representa o julgamento ou tormento de Deus. Um lago tem uma entrada, mas não tem saída, por isso representa um lugar do qual você nunca pode sair. A morte sempre significa separação, neste caso separação eterna de Deus (2 Tes. 1:9). A escuridão representa um confinamento solitário. Quanto tempo vai durar? “… fogo que nunca será extinto: … onde o seu  verme [consciência] não morre, e o fogo não se apaga” (Marcos 9:43, 48). Como será? “… trevas exterior: haverá a choro e ranger de dentes” (Mateus 8:12). Este é o lugar onde os ímpios, “padecerão eterna perdição” (2 Tes. 1:9).